Em celebração aos 10 anos da Cristolândia, Correios lançam selos comemorativos
10/07/2019 09:24 em Missões

Os Correios lançaram um selo em comemoração aos dez anos do projeto Cristolândia, que atende dependentes químicos na região central de São Paulo, apelidada de “cracolândia”.

A Missão Batista Cristolândia, mantida pela Junta de Missões Nacionais (JMN) – instituição ligada à Convenção Batista Brasileira (CBB) – celebrou os dez anos do projeto no último dia 26 de junho. A parceria com os Correios foi apresentada na ocasião.

 

De acordo com o site da JMN, essa parceria “oferece uma oportunidade única a colecionadores e a todos os que utilizam o serviço de envio de correspondência postal”. O selo comemorativo também ficará em exposição no Museu Nacional, entrando assim para a história brasileira.

O pastor Fernando Brandão, diretor Executivo; o irmão Renato Antunes, gerente de Assistência Social; Marli González, executiva da União Feminina Batista do Brasil; e a irmã Silvia Regina, fruto do projeto e hoje, missionária e aluna do Centro Integrado de Educação e Missões foram chamados para carimbar e assinar os registros oficiais durante a solenidade.

Brandão convidou os pastores Walter Júnior, presidente da Convenção Carioca; Amilton Vargas, diretor executivo da Convenção Batista Fluminense; Sócrates Oliveira, executivo da Convenção Batista Brasileira; Adilson Santos, diretor executivo do CAM-CBESP e presidente da Ordem de Pastores Batistas do Brasil (OPBB); e a irmã Nancy Gonçalves Dusilek, 2° vice-presidente da Convenção Batista Brasileira (CBB) para celebrarem a data.

“Os 10 anos da Cristolândia se completaram com apoio e parceria das organizações batistas do Brasil. Os presentes aplaudiram este momento único e de relevância social do Reino de Deus. Por meio de uma doação no valor de R$ 50, os interessados recebem uma cartela com 12 selos postais comemorativos, no endereço em que escolherem, sem nenhum outro custo”, destaca o site da JMN.

Os selos possuem valor de R$ 1,95, totalizando R$ 23,40 com a cartela inteira. Cada selo permite o envio de correspondências de até 20 gramas. “O selo é um marco histórico para Missões Nacionais, que agradece o coração generoso na oferta do valor restante”, reitera a JMN.

“Uma carta pode conter mensagem de tristeza, alegria, encorajamento, repreensão e salvação. Durante muitos séculos ela foi o principal meio de comunicação a distância, o Apóstolo Paulo, por exemplo, à luz do Espírito Santo, foi autor de 14 epístolas que guiaram os cristãos do seu tempo e guiam até hoje, pois a Palavra é eterna. Através da Cristolândia, nesta década, centenas de livros velhos, rasgados, sem vida e desprezados, se tornaram cartas vivas, não escritas com tintas, mas escritas com o Espírito do Deus vivo ‘Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração’.  2 Coríntios 3:2,3”.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!